login
Sat 06 of Jun, 2020 (23:55 UTC)

[root@madeira.eng.br ~]#

Linux - It is now safe to turn on your computer

atualizar cache imprimir

Piratas do Vale do Silício - O inicio de uma nova era

Criada por: Frederico Madeira, última modificação em: Mon 31 of Aug, 2009 (00:59 UTC)
Piratas do Vale do Silício nos mostra uma batalha travada entre alguns dos gigantes do mundo da computação. Vemos Apple, IBM, Microsoft brigando pela liderança de melhores produtos e HP e Xerox abrindo mão de grandes invenções que foram notórias e de grande valor nas mãos de mestres como Steve Jobs, Stephen Wozniak e Bill Gates.

Destaco dois pontos nas personalidades dos protagonistas:
- A Genialidade de Bill Gates
- Arrogância de Steve Jobs

A Apple era líder de mercado dos computadores pessoais, graças ao grande desenvolvedor Stephen Wozniak e a eloqüência de Steve Jobs que destacou-se na forma de apresentar/vender suas idéias e visão de futuro. No entanto, ao longo do desenvolvimento da Apple, vemos um Steve Jobs que destrata seus funcionários, não valorizando grandes idéias e nem incentivando suas equipes. Tais atitudes o levam a ser demitido da Apple.

Por outro lado, vemos o não tão rápido sucesso da Microsoft, mas sim uma evolução de idéias e estratégias bem orquestradas por seu líder Bill Gates, que conquistou grandes vitórias, como a parceria inicial com o desenvolvimento de software para o Altair, em seguida com a IBM, onde vendeu um SO que não possuía, e logo mais, em sua “pirataria” do Windows, nesta parte ele devolveu a Steve Jobs o que ele praticou com Xerox e HP ("Bons artistas copiam.
Grandes artistas roubam.")


Referências:

Pirates of silicon valley

Um dos grandes benefícios ao crescimento da Microsoft foi não só crescimento do IBM PC mas também o desenvolvimento dos IBM PC like, que eram opções de baixo custo e que rodavam o MS DOS, diferente dos Macintosh.

O filme finaliza mostrando o retorno de Jobs a Apple, com uma ajuda de Bill Gates que comprou parte das ações da Apple. Até o momento não entendo o que o levou a ajudar Jobs, mas acredito que tenha sido em função do ditado de Bill Gates: "Mantenha os amigos por perto...
e os inimigos mais perto ainda."

Gostaria de fazer paralelo a história de desenvolvimento do Windows e do Mac ao desenvolvimento do Linux e dos padrões de Open Source. Quando Linus Torvalds finalizou sua primeira versão do kernel do Linux, sua primeira ação foi divulgá-lo(inclusive com código fonte) para que outros pudessem estudá-lo, testá-lo e até mesmo contribuir. O resultado disso, não foi uma versão concorrente do Linux, como vimos ocorrer entre Macintosh e Windows, era até mais fácil pois o código estava lá, pelo contrários, até hoje vemos o mesmo SO crescendo e evoluindo onde cada vez mais mentes brilhantes contribuem para o projeto garantindo assim a possibilidade deste brigar de igual para igual com os seus concorrentes.

Comentários