login
Sat 25 of Nov, 2017 (05:23 UTC)

[root@madeira.eng.br ~]#

Linux - It is now safe to turn on your computer

atualizar cache imprimir

Instalando Linux em velhos 386/486

Criada por: Frederico Madeira, última modificação em: Fri 04 of Sep, 2009 (02:05 UTC)
Neste artigo descreverei como utilizar antigos equipamentos 386 / 486, com 8 Mb de Ram e discos de 200 Mb.

É um grande desafio para as áreas de TI das empresas manter seus sistemas ativos e disponíveis, sem aumentar custos para a empresa, mesmo quando a demanda, seja de acessos ou de processamento, aumentam.

Quando você se vê em uma situação em que o servidor windows 9x/novell/nt que você usa não está mais dando conta de sua necessidade ou porque ele está travando ou porque ele está muito lento, o que fazer?

Você precisa fazer um upgrade dos servidores de suas lojas, só que são muitos, e você não dispõe de orçamento para fazê-lo. O que fazer?

Pois bem, vamos ressuscitar os velhos 386/486!

São incontáveis o uso que podemos fazer com estes computadores. Cito abaixo alguns deles:

  • Laboratórios: Montar clusters
  • Escolas: Disponibilizar PC"s para os laboratórios, podendo incentivar o uso do Software Livre
  • Governo: Projetos de inclusão digital
  • Redes de lojas: Servidores para todas as lojas
  • Empresas: Servidores de rede, de arquivos, firewall, proxy, etc ....

Requisitos:

  • CD"s de Instalação do Linux: Red Hat Linux 9, ou Fedora Core 1, ou Fedora Core 2. Estes dois últimos ainda em desenvolvimento

Usaremos estes para prover os pacotes necessários para instalar nosso servidor.

Pode-se conseguí-los em:

http://fedora.redhat.com
http://www.linuxiso.org/

  • CD de Boot do Rule-Project

Com ele iremos realizar a instalação dos pacotes contidos no CD anterior.

http://www.rule-project.org/download/slinky/slinky-v0.3.96.iso

  • Para máquinas que não conseguem dar boot pelo cd, será necessário gerar um disquete de boot do Rule-Project.

http://www.tuxfan.homeip.net:8080/rule/slinky/slinky-v0.3.97/slinky-v0.3.97.img

O Projeto Rule - Run Up To Date Linux Everywhere (http://www.rule-project.org/)

Este projeto possibilita que rodemos sempre versões modernas do Linux, mesmo usando computadores que foram usados há 5 anos atrás ou até mais.

Nas distribuições atuais, os instaladores requerem uma grande quantidade de memória RAM e de Processamento. O Anaconda, instalador do RedHat e Fedora, solicita 128 Mb de ram.

Para resolver este problema, M. Fratoni escreveu o Miniconda e posteriormente o Slinky. Estes dois instaladores são para máquinas que possuem 12 Mb ou menos.

Iniciando a instalação

Criando o disquete:

dd if=slinky-v0.3.97.img of=/dev/fd0 bs=1440


Criando o CD:

Entre com os seguintes comandos:

cdrecord -scanbus


O comando acima trará a interface em que o seu gravador está instalada, conforme saída abaixo:

Cdrecord 1.8 (i686-pc-linux-gnu) Copyright (C) 1995-2000 Jorg Schilling

Using libscg version "schily-0.1"

scsibus0:

0,0,0 0) *
0,1,0 1) *
0,2,0 2) *
0,3,0 3) "HP " "CD-Writer+ 9200 " "1.0c" Removable CD-ROM
0,4,0 4) *
0,5,0 5) *
0,6,0 6) *
0,7,0 7) *


Inicie a gravação da imagem:

cdrecord -v -eject speed=4 dev=0,3,0 slinky-v0.3.96.iso


Pronto. Já temos criados os conjuntos de discos necessários para a instalação do sistema.

Basta iniciarmos nosso velho PC, tentar dar boot pelo CD gerado e, caso não consigamos, bootaremos pelo disquete.

O processo de instalação é iniciado e deve ser seguido conforme os demais instaladores que conhecemos do Linux.

Abraço a todos!

Comentários