login
Sat 06 of Jun, 2020 (23:12 UTC)

[root@madeira.eng.br ~]#

Linux - It is now safe to turn on your computer

atualizar cache imprimir

Code Rush

Criada por: Frederico Madeira, última modificação em: Tue 08 of Dec, 2009 (00:57 UTC)
Code Rush e The Five Open Source Business Models

O documentário Code Rush trata de um tema que julgo bastante relevante: Código Aberto x Código Fechado. Apresentando o caso da Netscape que estava praticamente falida, após lançamento do Internet Explorer por sua rival a Microsoft. A Netscape abriu o código fonte do Netscape sob nome Mozilla, que pouco tempo depois se tornou o Mozilla Firefox, este sim, ameaça até hoje a soberania do Internet Explorer no mercado do browsers de internet.

No modelo de código aberto ou software livre, o desenvolvedor disponibiliza o código fonte da aplicação e todos que quiserem analisar, melhorar ou corrigir, pode fazer as alterações e submeter seu códigos para que passem a fazer parte da versão estável deste produto. Modelos assim já provaram seu sucesso, com Linux, Asterisk, Mysql, Mozilla Firefox e tantos outros.

O texto lido, The Five Open Source Business Models apresenta cinco modelos de negócio nos quais é possível fazer dinheiro através do modelo de software livre:

  • Venda de Suporte: Este é o modelo mais comum. Adotado por empresas com Red Hat e Digium. No entanto, normalmente não é suficiente para manter uma startup.

  • Construção de Hardware: com o uso de open source em plataformas de hardware, a solução se torna mais rentável, no entanto, poucas empresas open source utilizam este modelo. O mais comum é empresas de hardware utilizarem software livre embarcado, no entanto estas empresas não usam o modelo open source.

  • Componentes Proprietários: Este modelo consiste em mesclar componentes open source e outros proprietários, ou seja, para funcionalidades mais avançadas do software, é necessário pagar por esta funcionalidade, exemplo disso, podemos citar: XenSource, Red Hat com sua recente solução de virtualização e VMware.

  • Licença Dual: Alguns consumidores não desejam usar licenças de open source, desta forma, o desenvolvedor pode vender o mesmo produto que ele distribui gratuitamente, com uma licença que traga mais limites ao código fonte da aplicação que ele está vendendo.

  • Advertising: A inclusão de serviços no seu produto pode trazer uma fonte de renda extra. A exemplo do firefox com Google. O firefox já traz como padrão o google como buscador e página inicial.

Acredito muito no modelo de software livre e com a junção dos modelos acima apresentados, acredito ser plenamente possível lucrar através da utilização de código aberto em produtos desenvolvidos.


Comentários